Meus PedidosMeu Cadastro

Óleo Vegetal de Gergelim 1 Lt

Óleo vegetal 100% puro da planta Sesamum indicum
15887
Opinião dos Consumidores:0
Pontos Fidelidade:

De: R$ 234,81Por: R$ 201,20ou X de

Economia de R$ 33,61

Confira as Condições de Parcelamento
AdicionarRemover
Comprar
Descrição
O óleo vegetal de Gergelim é um produto natural, 100% puro e sem conservantes.

Produto Vegano - livre de testes em animais e ingredientes de origem animal.

Não possui em sua composição: Parabenos, Sulfatos, Corantes, Silicone ou Essências artificiais.

Embalagem: Vidro âmbar contendo 1000 ml de óleo vegetal.

Tipo de Extração: O Óleo Vegetal de Gergelim é extraído das sementes da Sesamum indicum por prensagem a frio.

Sinônimos: Gergelim, gergelim-preto, gerzelim, girgelim, jerxelim, zirzelim, de ela (Tailandês), gingli (Hindu), koba (Japonês), sasim (Árabe), seesami (Finlandês), sesam (Alemão e Sueco), sesame (Inglês), sésame (Francês), sesamo (Italiano), sésamo (Espanhol), sezamo (Esperanto), sesamzaad (Holandês), sousámi (Grego), etc.

História da Planta:

O Gergelim foi introduzido no Brasil pelos portugueses no século XVI, é plantado tradicionalmente na Região Nordeste para consumo local, e vem sendo explorado comercialmente no Centro – Oeste e Sudeste, especialmente no Estado de São Paulo há mais de 60 anos para atender ao segmento agro-industrial de óleos e de alimentos in natura.

A África é considerada o continente de origem porque ali existe a maioria das espécies silvestres do gênero Sesamum, ao passo que na Ásia encontra-se uma riqueza de formas e variedades das espécies cultivadas.

O gergelim é muito empregado na Índia para fins terapêuticos, na medicina Ayurveda para diminuir a acidez do sangue, fortalecer a pele e principalmente para aumentar a atividade cerebral; é uma das plantas oleaginosas mais antigas e usadas pela humanidade – existem achados arqueológicos remanescentes do subcontinente Indiano datando de 5.000 a.C. Em alguns países asiáticos esta oleaginosa apresenta significativa importância econômica e social.

Os historiadores e biógrafos registram em seus trabalhos que o gergelim, uma planta originária da Índia e África, que se aclimatou muito bem na América do Sul, está presente nos grandes acontecimentos e nas dietas dos estadistas de renome. Mahatma Ghandi, ao programar suas famosas greves de fome, em protesto ao domínio inglês, costumava misturar o óleo deste vegetal com ovas de peixe – assim, segundo Nerdius, ele suportava os horrores da fome por um período de até 40 dias e não debilitava tanto seu organismo.

No túmulo de Ramsés III (século XIII a.C.) pode-se ver em um afresco que os egípcios já adicionavam gergelim a massa do pão.

Conta-se que Alexandre, depois de invadir a Índia, mandou aprisionar dois nativos da região, para que eles revelassem o segredo da resistência física que exibiam, já que eram capazes de correr horas a fio como guias do Exercito Macedônio, sem queixarem-se de sede ou fome. Genghis Khan, o grande conquistador, mandava misturar gergelim com iogurte e queijo em sua alimentação, para resistir ao frio, à fome e à exaustão.

Hoje, ao iniciar o século XXI, em plena era da informática, a fama do gergelim continua em alta e, ao que parece, vai crescer ainda mais. É que, como os americanos pretendem ditar a moda de tudo em todo o mundo, o gergelim entrou na mira dos produtos nobres visados pelos importadores do Tio Sam e, agora, seu preço subiu no mercado, transformando-se em ouro para quem o cultivar ou industrializar. Nos EUA, depois que descobriram a periculosidade cancerígena de certos óleos e corantes artificiais, está proibido a utilização deles na produção de alimentos ou cosméticos. Foi aí que o gergelim começou a reinar.

E a fama do óleo do gergelim, como produto miraculoso, aos poucos deixou de ser um segredo das alcovas dos sultões e faquires indianos, para penetrar em casas menos abastadas e distribuir seus benefícios medicinais indistintamente. Detentor das vitaminas B e E, o óleo do gergelim também conquistou a fama de afrodisíaco natural, por permitir melhor circulação sanguínea – este óleo, de acordo com alguns homeopáticos, dissolve os acúmulos de gordura nas artérias, diminuindo muito o risco de infarto.

Gergelim (termo que só se usa no Brasil) provém do árabe vulgar “gilgilan”, do árabe clássico gulgulãn, significando “grão de coentro”.

Aspectos Botânicos:

O gergelim ou sésamo é uma planta anual herbácea, gamopétala, originária do Oriente, pertencente a família das Pedaliáceas, com propriedades medicinais, de flores alvas, róseas ou vermelhas, hemafroditas, malcheirosas, dispostas nas axilas das folhas, e cujo fruto é cápsula ou baga oblonga, pubescente, com sementes oleaginosas, pequenas, amarelas, alvas ou pretas, arredondadas e levemente comprimidas. É cultivada na Ásia tropical por causa de suas sementes, que fornecem até 50% de óleo.

É uma planta de clima tropical e subtropical, anual, com ou sem ramificação, de 0,5 a 3,0 metros de altura e tem boa tolerância a seca; as folhas são inteiras, cor verde-clara e verde-escura, formato oval, com tamanhos diferentes em função de variedades, fertilidade do solo e clima. As sementes são lisas, pequenas, de cores branca, creme ou preta – as plantas se desenvolvem e produzem bem em condições de clima ameno a quente e solos férteis, profundos, bem drenados e com boa disponibilidade de água durante o desenvolvimento vegetativo.

Principais Compostos:

ácidos graxos, ácidos linoléicos, ácidos oléicos, ácido palmítico, ácido esteárico, ácido araquídico, ácido hexadecenoico, ácido mirístico, carboidratos, colina, estearina, fitina, fitosterina, fitoteróis, glicerol, globulina, lecitina, sesamolina, sesamina, sesamindicina, vitamina E, B1, B2, C, sesamol, sesamolina, sesamina, sesamindicina, proteína, fibra, cálcio, fósforo, ferro, sódio, potássio, caroteno, etc.

Os óleos vegetais são substâncias naturais extraídas de plantas de diversas partes do mundo. Desta forma, podem existir variações em seus aromas e compostos.

Modo de uso dos óleos vegetais:

Ideal para utilizar como veículo de diluição dos óleos essenciais ou puro.

Dosagem Aproximada

Massagem Corporal: 30 mls por uso

Massagem Facial: 5 mls por uso

Massagem Capilar: 5 mls por uso

A By Samia não se responsabiliza pelo uso indevido dos produtos aqui vendidos.
Siga @bysamiaaromaterapia no Instagram