Meus PedidosMeu Cadastro

Óleo Essencial de Gengibre 05 ml

Óleo essencial 100% puro da planta Zingiber officinale
16036
Pontos Fidelidade:

De: R$ 59,42Por: R$ 58,40ou X de

Economia de R$ 1,02

Confira as Condições de Parcelamento
AdicionarRemover
Comprar
Descrição

O óleo essencial de Gengibre By Samia é 100% puro e natural. Sua composição é livre de conservantes, parabenos, sulfatos, corantes, silicone e essências artificiais. Além de ser um produto vegano, livre de testes em animais e de ingredientes de origem animal.

Os óleos essenciais são substâncias naturais extraídas de plantas de diversas partes do mundo. Estas substâncias podem ser encontradas nas flores, nas folhas, nos caules, nas hastes, nas cascas ou nas raízes. Desta forma, podem existir variações em seus aromas e compostos.


História do Óleo Essencial de Gengibre


O emprego culinário e medicinal do Gengibre (do grego zingiberis) data de épocas remotas, aproximadamente de 2.000 anos atrás. A primeira menção medicinal data da dinastia Han (25-220 d.C.) e existem alguns escritos que indicam sua menção por Confúcio (551-479 a.C.).


A China foi o país que mais popularizou seu uso, tal como acontecia com o Gengibre verde que foi muito apreciado durante o século XV. Também foi muito empregado pela medicina ayurvédica, denominada vishwabhesaj que significa medicina universal.


Os gregos o importavam desde o Oriente, mesmo antes de ser descrito por Dioscórides – quem ressaltou suas propriedades benéficas para o estômago. Antes de sua denominação atual, era conhecido com o nome de Amomum zerumbeth, nome que faz alusão a sua qualidade aromática, similar ao Cardamomo. Sua primeira aparição está marcada na América (México) através de Francisco de Mendonza em inícios do século XVI, sendo introduzido em 1525 na Jamaica e dali para o resto das Antilhas. No século XVI a Jamaica exportava cerca de 1.100 toneladas de Gengibre. Só no século XVIII foi usado na elaboração de medicamentos.


Na China era comum mesclar o Gengibre com algumas outras ervas, a fim de reduzir a toxicidade de algumas delas. Atualmente o Gengibre da Jamaica é um dos mais apreciados do ponto de vista culinário e terapêutico.


A raiz seca era um condimento comum, um estimulante aromático e um remédio contra a malária. Os chineses usavam-no para dissolver a mucosidade e para fortalecer o coração; ele parece ter sido batizado várias vezes; os Gregos chamavam-no de Ziggiber e apreciavam suas propriedades estimulantes sobre o estômago e como antídoto contra venenos. Foi mencionado em manuscritos sânscritos como Srngavera ou Grinavera (significa “corpo em forma de chifre”) em referência ao formato das raízes e também denominado Gengibre a partir do vocábulo latino Zingiber. Também se acredita que o nome derive da região de gingi na Índia, onde o chá é tomado para problemas de estômago.


É nativo da Ásia e floresceu na Índia e na China, fazendo seu caminho para a Europa pela rota das especiarias durante a Idade Média.


Aspectos Botânicos de Gengibre:



Se trata de uma planta perene e rasteira, pertencente à família das Zingiberáceas, caracterizada por apresentar uma altura de 60 a 120 cm; rizoma tuberoso e grosso, folhas lanceoladas de 15 a 30 cm; flores verdes com manchas púrpuras dispostas em espigas com cerca de 7 cm de largura. Alguns talos são estéreis e não apresentam flores; frutifica-se raramente. O Gengibre é originário da Ásia tropical, em especial da região compreendida entre Índia e China; posteriormente foi introduzido no resto das regiões, crescendo em terrenos argilosos e bem drenados, até os 1.500 metros de altitude. Atualmente é cultivado na Índia, extremo Oriente e regiões tropicais da Austrália, Nigéria, Dahomey, Serra Leoa, Jamaica e Indonésia. Na Argentina se cultiva nas províncias de Chaco, Salta, Missões, Tucuman e Correntes.


Observações Sobre o Óleo Essencial de Gengibre


embalagem: Frasco de vidro âmbar com gotejador contendo 05 ml de óleo essencial


Nome Científico: Zingiber officinale


Parte utilizada da planta:Rizoma (raízes).


Tipo de Extração: Destilação a vapor.


Combina com:Louro, Cardamomo, Canela, Coriandro, Cravo-da-Índia, Eucalipto, Olíbano, Gerânio, Limão, Lima, Murta, Laranja, Alecrim, Hortelã e Verbena.


Utilize com: Óleo Vegetal, Argila Medicinal, Creme Base Neutro, Gel de Aloe Vera, Aromatizador Pessoal e/ou Difusor de Aromas para o Ambiente.

Propriedades do Óleo Essencial de Gengibre


Mente: Torna o indivíduo mais sensível às emoções quando ele está deprimido e desanimado. Aguça os sentidos e estimula a memória. É muito reanimador e indicado para fadiga. Tem um efeito ao mesmo tempo estimulante e de centramento, é ideal para pessoas com “boas intenções”, mas que faltam unidade pessoal e otimismo para manifestar iniciativas e tomar medidas reais e imediatas.


Corpo: É especialmente útil em casos de excesso de umidade, como acúmulo de catarro, gripe e resfriado com coriza. Também pode aliviar a inflamação de garganta e a amidalite. Embora seja um óleo estimulante que tende a combater indisposições causadas por umidade, também pode baixar a febre ao aumentar a atividade das glândulas sudoríparas, reduzindo assim a temperatura do corpo. Acredita-se que ajude a regular a menstruação. Tonifica e trata o sistema digestivo, aumentando a secreção dos sucos gástricos. As situações de perda de apetite, digestão difícil, flatulência, diarreia e escorbuto (uma dieta alimentar incorreta em que há falta de vitamina C) parecem reagir favoravelmente a esse óleo. Também é eficaz no combate às sensações de náusea, à ressaca e ao enjoo em viagens e no mar.


Suas propriedades analgésicas aliviam as dores artríticas e reumáticas, além de cãibras, torções e espasmos musculares, especialmente na parte inferior das costas.


Estimula a circulação e pode aliviar a angina – uma dolorosa sensação de estrangulamento na região do coração. Acredita-se que ajude a reduzir frieiras, taxas elevadas de colesterol no sangue e varizes.


Há muito é apreciado como afrodisíaco e um valioso remédio em casos de impotência – misturado com Canela, Coriandro e Alecrim parece operar maravilhas. Como uma possível consequência disso, o Gengibre é considerado benéfico para o pós-parto, ajudando a dissolver os coágulos remanescentes.


Há muito é apreciado como afrodisíaco e um valioso remédio em casos de impotência – misturado com Canela, Coriandro e Alecrim parece operar maravilhas. Como uma possível consequência disso, o Gengibre é considerado benéfico para o pós-parto, ajudando a dissolver os coágulos remanescentes.


Pele:Ajuda a tratar contusões, feridas, espinhas, ajuda a ativar a circulação e pode ser usado em massagem drenante, ajudando a dissolver nódulos de celulite.

Principais indicações:Carminativo, expectorante, antisséptico, orexígeno, sialagogo, antiemético, anti-inflamatório, colagogo, hipotensor, hipocolesterolemiante, hipoglicemiante suave, antitussígeno, anticonvulsivante, rubefaciente, afrodisíaco, laxativo, analgésico, sudorífero e tônico geral.

Modo de Uso dos Óleos Essenciais



Aromatizador: aproximadamente 15 gotas


Banhos: 20 gotas após encher a banheira dissolvidas em uma colher de sopa de óleo vegetal, mel ou vinagre orgânico de maçã


Compressa: 5 a 10 gotas em 1/2 litro de água


Inalação: 2 gotas em um lenço ou inalador com soro fisiológico ou água


Massagem: 1 a 3 gotas por colher de sopa de óleo vegetal


Óleo para rosto: 1 gota em 1 colher de sopa de carreador


Óleo para cabelos: 1 a 3 gotas por colher de sopa de óleo vegetal ou shampoo


Uso tópico: 5 gotas por colher de sopa de óleo vegetal


Os óleos essenciais são substâncias concentradas e devem sempre ser diluídos, e utilizados sob a orientação de um profissional qualificado. A By Samia não se responsabiliza pelo uso indevido dos produtos aqui vendidos.

Siga @bysamiaaromaterapia no Instagram